Logo | Cursos SENAI Rio

 

Segmento Eletricidade

Antes de escolher um curso do SENAI Rio, conheça melhor este segmento

As atividades neste segmento abrangem as etapas de desenvolvimento, instalação e manutenção de equipamentos e sistemas que tenham a energia elétrica como princípio de funcionamento, aplicável a prédios, residências ou indústrias. Abrange ainda as atividades referentes à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

O profissional dessa área atua no teste de aparelhos elétricos e garante o funcionamento de geradores, transformadores e redes de eletricidade, instala e faz manutenção de equipamentos e automatiza procedimentos em indústrias e prédios residenciais. Pode também atuar na assistência técnica de instrumentos de alta e baixa tensão, de iluminação e de conservação de dispositivos automáticos.

Além do mercado de Construção Civil e das empresas de Geração e Distribuição de Energia Elétrica há oportunidade em todo o tipo de indústria que utiliza sistemas eletroeletrônicos em seu processo produtivo. Destacam-se ainda setores como Comércio, Hospitais, Shoppings e prestação de serviços especializados.

Os profissionais que pretendem atuar na área de instalações elétricas prediais devem agregar a sua formação algumas competências da área de automação, em decorrência da crescente utilização de sistemas inteligentes nas construções mais modernas (sistemas automáticos de iluminação, de prevenção de incêndios, de sinalização automática, de elevadores etc.).

Nesse segmento, além das atividades de instalação e manutenção nas obras e unidades consumidoras, há chances de atuação também no projeto de universalização da distribuição de energia elétrica.

Como é o mercado deste segmento no Rio?

Eletricidade: salário médio na região Sul pode chegar a R$ 14,96 mil.

A Capital do estado do Rio emprega 16.304 trabalhadores. A região Sul é a segunda maior empregadora, com 2.825 postos de trabalho, seguida da região Leste, com 2.535. Em todo o estado há 26.670 empregados no setor, com salário médio de R$ 4.225,60. O segmento conta com 901 estabelecimentos no estado do Rio.

A Região Sul registra a melhor remuneração no setor de Eletricidade, com salário médio de R$ 8.779,60, e também é a região que registra os melhores salários pagos aos trabalhadores com formação de Ensino Médio completo (em média, R$ 7.110,05) e àqueles que têm escolaridade mais alta (em média, R$ 14.969,71).

O MERCADO

Principal região empregadora - Capital 16.304
Região com maior participação no setor - Capital 61,13%
Número de estabelecimentos - Estado 901
Região com a maior média salarial - Sul R$ 8.779,60

Fonte: Elaboração Sistema FIRJAN com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, referentes ao ano de 2010.