mostrasegmentos Cursos de Tecnologia da Informação | Cursos SENAI Rio
Logo | Cursos SENAI Rio

 

Segmento Tecnologia da Informação

Antes de escolher um curso do SENAI Rio, conheça melhor este segmento

A cadeia produtiva da Tecnologia da Informação (TI) compreende a fabricação de computadores e equipamentos periféricos, consultoria em sistemas de informática, desenvolvimento de programas de informática, processamento de dados, atividades de banco de dados e manutenção e reparação de máquinas de escritório e de informática. Segundo estudos, oito das dez ocupações mais promissoras desse século concentram-se na área de informática.

A qualificação em TI proporciona a atuação em empresas de diversos segmentos econômicos. E o Rio de Janeiro, com sua vocação natural para a prestação de serviços, além de sua estrutura industrial, abre um amplo leque de oportunidades nessa área.

A formação em TI possibilita também a prestação de serviços de forma autônoma e os profissionais dessa área são muito requisitados na concepção e implementação de projetos. Há oportunidades também na prestação de serviços a usuários domésticos e a microempresas, devido ao aumento das vendas de computadores e à disseminação do uso desses recursos.

Vários outros fatores abrem perspectivas profissionais neste segmento, como a universalização do uso da Internet, as políticas de fomento à aquisição de equipamentos a custo reduzido, a difusão do uso da WEB como ferramenta de negócios e de educação, a conexão do computador a outros objetos de uso pessoal e a aplicação da TI de forma intensiva em setores específicos, como o de telecomunicações e entretenimento, entre outros.

Mas o segmento exige também atualização constante, em função da alta depreciação tecnológica e da velocidade com que as inovações são introduzidas no mercado. As certificações concedidas por fabricantes de hardware e software são também importantes requisitos para a atuação profissional.

Como é o mercado deste segmento no Rio?

Tecnologia da Informação: paga salário médio de até R$ 4,06 mil.

A Capital do estado do Rio emprega 32.676 trabalhadores. A região da Baixada Fluminense (Duque de Caxias) é a segunda maior empregadora, com 12.865 postos de trabalho, seguida da região Leste, com 3.122. Em todo o estado há 53.653 empregados no setor, com salário médio de R$ 2.308,80. O segmento conta com 2.767 estabelecimentos no estado.

A Capital é a região que apresenta a melhor remuneração no setor de Tecnologia da Informação, com salário médio de R$ 3.012,38. E ainda registra os melhores salários pagos aos trabalhadores com formação de Ensino Médio completo (em média, R$ 1.493,08). Aqueles que têm escolaridade mais alta recebem, também na Capital, o maior valor pago neste segmento (em média, R$ 4.063,62).

O MERCADO

Principal região empregadora - Capital 32.676
Região com maior participação no setor - Capital 60,90%
Número de estabelecimentos - Estado 2.767
Região com a maior média salarial - Capital R$ 3.012,38

Fonte: Elaboração Sistema FIRJAN com dados do Ministério do Trabalho e Emprego, referentes ao ano de 2010.