Inova Firjan SENAI: compactador sustentável e com custo reduzido pode diminuir volume de resíduo na lixeira em até 50% | Cursos Firjan SENAI

A Firjan SENAI

O projeto Compactador de Lixo Interno (C.L.I.), desenvolvido pela dupla de alunos da Firjan SENAI Barra Mansa, Caio Victor de Andrade Silva e João Vitor Alves Fontes, pode reduzir o espaço ocupado pelos resíduos em até 50% por meio de um mecanismo semiautomático. Além de facilitar o uso coletivo da lixeira, diminui ainda a utilização de sacolas plásticas. O projeto foi um dos sete apresentados no Demoday Inova Firjan SENAI.  

A inspiração

A ideia partiu de uma situação cotidiana vivenciada por Caio Victor. “Fui utilizar uma lixeira e estava lotada, impedindo o meu descarte. Com esse problema, pensamos em diferentes maneiras para isso não ocorrer mais e chegamos ao nosso projeto final, que também tem um custo unitário baixo, cerca de R$ 750”, conta.

O C.L.I. é adaptável às lixeiras de fast foods e de diversos outros locais que utilizam esse mesmo modelo, segundo o aluno. O processo de compactação acontece por meio de um pedal na parte lateral da lixeira. “Ao acionar esse mecanismo, uma guia pantográfica, junto com uma chapa de alumínio, faz um movimento de sanfona dentro da lixeira e, assim, compacta o resíduo acumulado. Isso também torna as lixeiras mais agradáveis no quesito de higienização”, acrescenta ele. Outro benefício é a otimização do tempo dos colaboradores e clientes que precisam descartar seus resíduos. 

Jaqueline Lopes Teixeira, orientadora da dupla, pontuou que, após uma sensibilização entre os alunos, os criadores do C.L.I. começaram a pensar o projeto a partir de três pilares: baixo custo, eficiência e sustentabilidade. “A dupla fez um estudo de viabilidade técnica e econômica, fundamental para o desenvolvimento do C.L.I. O projeto nasceu após uma semana de desenvolvimento de ideias que fizemos na Firjan SENAI Barra Mansa. A proposta da escola foi mostrar aos alunos o poder da veia empreendedora. Trabalhamos com eles temas de inovação e ferramentas que utilizamos em projetos. A equipe desenvolveu um produto com visão de negócio”, analisa Jaqueline.