5 mitos e verdades sobre os cursos de Educação a Distância (EaD) | Cursos SENAI RIO

Blog

A Educação a Distância (EaD) se transforma numa realidade em grande escala no país, em meio à pandemia de Covid-19. Com o fechamento temporário das instituições de ensino, a EaD surge como alternativa para minimizar os impactos sobre a educação e, para muitos, é uma forma de se manter constantemente atualizado.

Mas, se por um lado há cada vez mais adeptos, por outro surgem antigas dúvidas a respeito da confiabilidade dessa modalidade de ensino. Por isso, preparamos uma lista com cinco mitos e verdades sobre cursos EaD, com a ajuda de Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI. 

1) A EaD não é reconhecida pelo MEC – Isso não é verdade. A EaD é uma modalidade educacional reconhecida, validada pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, e surgiu com a necessidade de desenvolver atividades em tempo e lugares diversos.

2) A EaD requer computadores especiais – Isso não é verdade. A EaD não requer computadores especiais e ainda dá a possibilidade de o aluno acessar o conteúdo a partir de dispositivos móveis, com ambientes virtuais responsivos. Nesse cenário, cada aluno escolhe a melhor forma de interação, salvo quando o curso requerer utilização de softwares, simuladores e plataformas específicas.

3) A EaD é mais barata porque é ruim– Também não é verdade. Em geral, os cursos EaD são mais baratos porque utilizam menos recursos de infraestrutura e despesas para aulas presenciais, diminuindo, assim, o custo das mensalidades. Tanto que a Firjan SENAI registra, em seu processo de avaliação nacional dos Cursos Técnicos, resultados iguais ou melhores de seus alunos na modalidade EaD que os do presencial.

4) Não há interação social na EaD– Isso não é verdade. Em geral, A EaD tem diversos recursos tecnológicos que possibilitam a interação com instrutores e alunos através de fóruns, aulas on-line, chats e feedbacks individuais. E também permite a interação com grupos de alunos para a realização de atividades pelo seu ambiente virtual de aprendizagem.

5) Os profissionais que se formam na EaD são menos valorizados pelo mercado– Isso não é verdade. A certificação do curso EaD é a mesma de um curso presencial, contemplando os mesmos conhecimentos desenvolvidos, sem distinção na valorização do profissional, considerando-se sempre a escolha assertiva da instituição de ensino para a condução da formação.

Vem aí: cursos técnicos EaD da Firjan SENAI

Segundo Edson Melo, a EaD ganha espaço com o avanço da tecnologia e as mudanças no mercado de trabalho, que exige especializações periódicas. "Num cenário no qual a necessidade de se atualizar é constante, é preciso criar o hábito de continuar os estudos e a EAD facilita e agiliza esse aprendizado. Com o isolamento social ela ganha mais força e adeptos, que começam a experimentar esse processo e a ver nele uma nova e promissora fonte de conhecimento. Assim que o ‘novo normal’ surgir, a educação a distância terá mais força do que nunca".

A demanda cada vez maior pela formação profissional em EaD, uma necessidade das indústrias e da sociedade, leva a Firjan SENAI a investir na ampliação da oferta de seu portfólio de cursos nesta modalidade, tão essencial aos novos tempos. Com início previsto para o dia 24/08, os cursos técnicos EaD da Firjan SENAI atenderão a diversos segmentos. Entre eles estão os de Mecatrônica, Automação Industrial, Eletrotécnica, Informática, Manutenção e Suporte em Informática, Redes de Computadores, Edificações, Mecânica, Alimentos, Eletromecânica, Logística e Manutenção Automotiva.

Cadastre-se para saber quando as matrículas forem abertas

As matrículas para os cursos técnicos EaD da Firjan SENAI serão abertas em breve. Clique no botão ao lado para se cadastrar e receber o aviso.