Blog




Renata dos Santos Limeira Silva está na área Mecânica há mais de 15 anos. Porém, em 2021 sentiu a necessidade de se especializar. Através de um curso técnico na Firjan SENAI Jacarepaguá, conquistou o espaço que desejava: o de técnica em mecânica. Primeira técnica master da Nissan Brasil, atualmente ela trabalha na Oca Veículos, concessionária localizada na cidade de Resende.

Com o curso técnico em Mecânica finalizado em dezembro de 2022, já nos primeiros meses do ano seguinte Renata assumiu a liderança na oficina onde trabalha, o que, segundo ela, só foi possível graças à capacitação realizada. “Após a minha habilitação técnica na Firjan SENAI e na Nissan, me sinto mais gabaritada para prestar diagnósticos, mais segurança para conversar com nossos clientes e com a própria equipe da oficina”, destaca.

A trajetória de Renata se confunde com a de muitos profissionais que buscam os cursos técnicos para a recolocação no mercado e também a promoção dentro das próprias empresas onde trabalham. “Fui promovida, passei a exercer um cargo de liderança. Foram conquistas de ordem pessoal e profissional”, aponta.

Quem também buscava o aprimoramento na profissão era a jovem Clara de Souza Sotero, de 24 anos. Trabalhando na Ambev há dois anos, exerceu, durante um ano e sete meses, a função de jovem aprendiz no setor de Vidros. Depois de se formar no curso técnico em Mecânica na Firjan SENAI Santa Cruz e de um período ainda atuando como jovem aprendiz, foi finalmente efetivada na Cervejaria Rio de Janeiro.

Hoje, ela atua como técnica em mecânica, operando e fazendo manutenção corretiva ou preventiva de máquinas que envasam a cerveja nas garrafas. “Costumamos dizer que ela é o coração da linha de produção”, exalta.

Clara faz questão de destacar que a Firjan SENAI lhe abriu as portas para um mundo totalmente novo: a Indústria. “Fui a única mulher a fazer o curso em Mecânica na minha época e, ao contrário do que eu imaginava, fui super bem recebida e encorajada pelos instrutores, pedagogos e colegas. Fui me encantando cada vez mais pelo mundo industrial.”

Cursos técnicos 2024| Primeira mensalidade por R$ 79,90.

Conheça as opções de cursos e faça a sua matrícula.

O mercado busca profissionais na área técnica

O presidente do Sindicato das Indústrias de Bebidas (Sindbebi) do Rio de Janeiro e também diretor eleito da Firjan, da Câmara do Comércio Brasil x Alemanha e da Underberg Kg Brasil, Marcus Rumen relata que é possível perceber que existe uma dificuldade de atender à demanda por mão de obra qualificada para o setor. “A indústria de bebidas do estado tem oferta de colocação para profissionais de nível técnico superior à oferta de profissionais formados no ensino superior. Vivemos uma retomada de crescimento após a pandemia”

Para Rumen, o recado a ser dado aos jovens e trabalhadores é: “qualifique-se, busque conhecimento em novas tecnologias, pois a Indústria está ansiosa por você”. A fala de motivação do presidente do Sindbebi e diretor da Firjan é explicada. “Vivemos a era da Indústria 4.0. Ser competitivo significa investir em tecnologias e processos que insiram a Indústria dentro dessa nova revolução. Portanto, não há maneira de ter uma Indústria 4.0 sem mão de obra ‘digital’.”