Blog


A equipe RLB, da Firjan SENAI Barra do Piraí, é uma das seis do estado selecionadas na Mostra INOVA 2023 para terem seus projetos pré-acelerados. O grupo receberá consultoria para ajudar na parte de incubação das ideias. O time desenvolveu o projeto RLB – Iluminando Saídas, que visa espantar pombos e outros pássaros de armazéns ou galpões onde esses animais levam prejuízo para as indústrias.

“A ideia surgiu de uma demanda da indústria cadastrada na Saga SENAI. As empresas de logística, principalmente, têm um problema grande com pombos em seus galpões, causando muita sujeira e espalhando doenças. Desenvolvemos o RLB, um equipamento móvel composto por um laser verde em movimento que, apontado para os lugares mais altos ou onde frequentemente os pombos costumam ficar nos galpões, cria uma reflexão nos olhos dos pássaros, causando um incômodo e os espantando”, explica Lazaro Vitor Messias Goulart, instrutor de Educação Profissional e Técnica da Firjan SENAI Barra do Piraí e responsável pelo projeto RLB.

Algumas empresas informaram que os métodos usados atualmente não têm eficácia. Já o laser verde do RLB gira em 360° para afugentar os pássaros, que possuem uma certa sensibilidade a essa cor. “Essas aves enxergam o laser como uma espécie de ameaça e por isso acabam deixando os armazéns. É importante essa dispersão de forma mais eficaz e sem prejudicar a natureza, pois de acordo com a Instrução Normativa 141 do Ibama, de 2006, o controle de pombos é permitido, desde que não ocorra maus-tratos e nem a eliminação do animal. Nossa solução evita gerar multas ou mesmo penas de até cinco anos”, detalha Sara Silva dos Santos, 18 anos, aluna do Curso Técnico em Logística da Firjan SENAI Barra do Piraí e uma das cinco integrantes da RLB.

O mecanismo traz uma solução para reduzir problemas como a perda de estoque, já que empresas relatam terem seus produtos afetados, seja por fezes das aves nas embalagens ou por bicadas de pássaros, que furam os produtos e os deixam expostos, com risco de causar problemas à saúde do trabalhador. As principais doenças que podem ocorrer são: tricomoníase, paramixovírus, salmonelose (ingestão de alimentos infeccionados por fezes), histoplasmose (provocada por inalação de fungos que surgem nas fezes dos pássaros), meningite e infecção respiratória.

“O Inova SENAI foi fundamental para dar vida ao projeto, nos abrir portas e visão de mundo. Muito importante, tanto na experiência quanto em momentos únicos de alegria, superação, esforço e o máximo de cada participante da equipe RLB. Realizamos um projeto com imenso potencial de crescimento, com o objetivo de resolver problemas reais. Somos uma equipe unida e esforçada”, acrescenta Sara.

Goulart, por sua vez, ressalta também o papel do programa, pois a equipe precisa de orientação profissional na parte de patente e investimento. O objetivo do INOVA é promover o empreendedorismo, a criatividade e a cultura da inovação, através do desenvolvimento de novos negócios, desde a concepção, planejamento, execução até a apresentação e negociação com possíveis investidores. Integra, assim, escola, empresas e alunos em desafios reais da indústria.